2018-07-06


Inhambane Dia 2



918 é o número do dia! Não tive coragem de assumir mas era meu objetivo chegar a Joanesburgo hoje. Saí pelas 8:30 e o frio era tanto que tive de usar um adereço pouco convencional. Apenas com T-Shirts de manga curta na bagagem, por baixo do Casaco vesti 4 t-shirts e os braços desnudos enroleio-os em várias camadas de papel higiénico! Resultou. Mas o cérebro congelava com o pouco de testa que ficava à vista no capacete aberto. Já perto do meio-dia, no mesmo pedaço de testa ao léu, batiam mosquitos como alfinetes, sinal de que a temperatura estava a subir.


A paisagem foi mudando de montanhas para planícies, e alguns animais em vida selvagem, com cercas a proteger a estrada compunham o cenário. Impalas, Avestruzes, Raposas, Cavalos…estes vi eu. E muito gado…bovino…caprino…sempre em movimento, porque hoje a minha "Pequena GS" que foi a heroína do dia, não tinha vontade de parar. Contávamos os Kms de 100 em 100, e a cada duzentos e pico parávamos para hidratar o depósito. Merece mesmo uma ovação esta menina que hoje correu como uma Gazela. Estou mesmo a pensar mudar-lhe o nome…"Pequena GS" não lhe serve…mas já agora só depois de passar a fronteira para o lado de Moçambique. E se esta paisagem de Africa do Sul parece esculpida por um Deus maior, já me faz falta o calor e a cor de Moçambique onde devo chegar na 1ª hora de Sábado.


O magnifico Pôr do Sol que fotografei, deu-se a 150 Kms de Joanesburgo. A esta encruzilhada de avenidas onde me encontro, do lado sul da cidade, cheguei já de noite. E foram pois claro, os mais longos Kms da viagem… Aqui irei voltar no regresso de Inhambane para concluir a minha jornada.


Amanhã rumo ao "Kruger" sem tempo para Safaris, porque "Ressano Garcia" é logo a seguir! Do outro lado tenho um bom amigo à espera. A seu tempo o apresentarei…porque com os outros que nos esperam…chegaremos aos "Músicos de Inhambane"!


Quatro flashes do dia de hoje…até amanhã!








SIGA-NOS